How to cut and sew long pile faux fur: making a hooded faux fur jacket - Como cortar e coser tecidos de pelo comprido

EN Summary: I am moving on from sewing coordinates to sewing winter outwear and decided to remake a faux fur jacket that I had made back in the late 90s. Keep reading the full article (disable ad-blocker and reload if page content doesn't show).
---
PT Sumário: De costurar conjuntos passei aos agasalhos de Inverno e resolvi revisitar um molde que já tinha feito nos finais dos anos 90: uma jaqueta de pelo com capucho. Continuem a ler o artigo completo (desativem o ad-blocker e recarreguem a página se o conteúdo não aparecer).

UPDATE: Photos of me wearing the faux fur jacket are now available on Tany et La Mode (click here)
---
ATUALIZAÇÃO: Fotos minhas a usar a jaqueta de pelo já estão disponíveis no Tany et La Mode (clicar aqui)

EN: I made this jacket in the Winter of 1998 and wore it for the following cold seasons until it was practically falling apart. I remember my first version being made of darker salt&pepper faux fur with shorter pile (I still have it in some dark corner of my storage, but couldn't find it to take pictures), lined with charcoal satin and same color toggle buttons. I used to call it my "wild wolf jacket" back then and was inspired to make it again when I saw this luxurious imitation of wolf fur at tecidos.com.pt (the Portuguese online store from stoffe.de) - click here - unfortunately sold-out now. Together with it I ordered Duchesse royal satin for the lining (here) , two toggle buttons (here) and a piece of cord for the button loops (here).
The pattern for the faux fur wooded jacket is from Burda magazine 12/1997 (model 122) and I cut size 40 without any alterations (I'm so glad I never toss away my pattern magazines!).
---
PT: Fiz a primeira versão desta jaqueta no Inverno de 1998 e usei-a nas estações frias por vários anos consecutivos, até a jaqueta ficar tão usada que já não tinha salvação possível. Ainda a tenho guardada algures, mas não a consegui achar a tempo para tirar fotos. A imitação de pele que usei era antracite salteada com pelinhos brancos, com pelo mais curto do que esta nova, forrada com cetim antracite e botões garrote ("pipas") da mesma cor. Costumava chamar-lhe a minha jaqueta de pele de lobo e a ideia de a fazer de novo nasceu quando descobri esta imitação de pele de lobo na tecidos.com.pt (aqui), infelizmente já esgotada. Juntamente com o pelo, comprei cetim duchesse para forro (aqui), dois botões garrote (aqui) e um pedaço de cordão para fazer as aselhas (aqui).
O molde da jaqueta é da revista Burda 12/1997, modelo 122 e cortei o tamanho 40 (ainda bem guardo as revistas todas!).
EN: The faux fur can't be pressed or steamed, so I had to use sew-in interfacings/stabilizers instead of fusibles. I reinforced the front with sew-in hair canvas, having the front edge of the canvas stabilized with fusible tape before catch-stitching it to the jacket front (I also used hair canvas, cut in the shape of a back facing, to reinforce the neckline area on the back piece). Armholes, shoulder-lines  and neckline were stabilized with lining selvage basted along the stitching lines; the hem allowances were stabilized with sew-in wigan (a stiff bias-cut strip of interfacing), sewn in place with running stitches (they are not seen from the right side due to the long pile of the fur).
---
PT: A imitação de pele não pode ser passada a ferro nem a vapor, por isso tive de usar entretelas/reforços de coser em vez dos termo-colantes. As frentes levaram um painel de entretela de crina (alfaiataria), com a orla da frente reforçada com fita termo-colante antes de coser os painéis às frentes com pontos cruzados. A mesma entretela de crina, cortada na forma de uma vista para o decote, foi cosida no decote das costas para lhe dar mais forma. Nas linhas de costura das cavas, ombros da frente e decote alinhavei aurelas de forro (são ótimas para impedir estiramentos pois não esticam nadinha). As margens de bainha levaram Wigan (fita de  entretela tecida rija cortada em viés), alinhavadas no lugar (os pontos não são percetíveis no lado direito por causa do pelo).

EN: This jacket takes two toggle buttons and their respective cord loops: the first one on the right front edge of the hood and the other on the right front edge, about 1" below the neckline. The top loop is caught in the hood's front edge seam and then top-stitched from the outside, but since the front facing is cut together with the front panel, a different approach was used to the second loop: I opened two holes with an awl on the front edge line, pulled the ends of the cord loop through them and machine stitched the ends to the canvas BEFORE it was catch-stitched to the front panel.
---
PT: Esta jaqueta leva dois botões garrote e duas aselhas de cordão; a primeira na orla da frente do capucho (fica presa na costura do capucho com o forro e depois leva um pesponto adicional para reforço); a segunda aselha tem de ser aplicada de outra forma, pois a vista da frente está integrada com a própria frente, não tem costura; a solução foi abrir dois buracos com um punção, passar as pontas do cordão e cosê-las ao painel de entretela de crina ANTES do painel ser cosido à frente do casaco.

EN: Cutting and sewing long pile faux fur is not for everyone, yet the end result is worthy of all the extra trouble if the job is well done. Cutting makes a big mess (I had to vacuum several times a day) yet there are a few tricks to make the cutting easier:
1 - Be aware of the nap of the faux fur; usually the nap (direction of the pile) runs from the top-down with long pile faux furs; make sure all pattern pieces are aligned with the correct nap.
2- Cutting is done from the knit backing side of the faux fur (wrong side) on a single layer layout (forget cutting on the fold; if some pattern pieces are provided with a "cut on the fold" indication, just mirror them and tape them together as one symmetrical piece). I outlined the pattern pieces on the knit backing using a pencil (and since Burda magazine patterns come without seam/em allowances, I also traced the cutting lines: 5/6" SAs and 2" hem allowances).
3 - I use sharp scissors for cutting long pile faux fur, never rotary cutters; cutting through the pile should be avoided; try cutting through the knit backing alone, using just the tips of the scissors;
4 - After cutting, each piece should be "cleaned" by removing loose pile ends along the cut edges; Gently pull the pile along the edges with your fingers, removing what falls off easily. then fold the cut piece and put is aside, moving on to cutting the next piece. Have a large container at hand to put all the scraps and loose pile.
---
PT: Cortar e coser imitação de pele com pelo comprido não é para qualquer um, no entanto o resultado final pode valer todos os sacrificios se o trabalho for bem feito. Cortar o pelo provoca muito lixo, pelugem solta pela casa toda (tive de aspirar várias vezes até sair tudo e mesmo assim,...). Há alguns truques que facilitam o corte:
1 - Tenham em atenção a direção do pelo; normalmente, em peças de pelo comprido, a direção é de cima para baixo; tenham em atenção este facto quando posicionarem o molde no tecido, alinhando as peças todas no sentido correto antes de cortar.
2 - O corte é feito do lado do avesso do pelo, que normalmente é de malha, e numa camada simples (esqueçam cortar com o pelo dobrado, como se faz comos outros tecidos). Se algumas peças do molde forem apresentadas pela metade, com uma linha de dobra para cortar, copiem o seu simétrico fazendo uma peça inteira para cortar sem ser na dobra. Eu usei um lápiz para traçar as linhas à volta das peças do molde na malha, e depois também desenhei as linhas de corte com margens de 1,5cm e 5cm para as bainhas,
3 - Uso tesouras grandes afiadas para cortar a imitação de pele com pelo, nunca os x-actos rotativos. Deve evitar-se cortar o pelo, procurando cortar só a malha pelo avesso, usando as pontas da tesoura em pequenos cortes precisos na superficie da malha.
4 - Depois de cortada, cada peça deve ser limpa dos pelos que ficam soltos ao longo das orlas de corte; basta passar os dedos nas orlas puxando os pelos para retirar facilmente os que se soltam. Depois dobra-se a peça e coloca-se de lado, passando ao corte da peça seguinte. É boa ideia ter um balde para ir armazenando os restos de pelo que ficam, evitando que se espalhem pela casa.
EN: Sewing long pile fur is not easy and sometimes can be frustrating. There's too much bulk, and because of the nap, the faux fur likes to crawl making it very difficult to align the seams as you machine stitch. Here are my advice for sewing the long pile faux fur:
1 - Having an industrial sewing machine definitely makes things easier when dealing with bulk, yet I've sewn a number of faux fur jackets, vests and coats with a regular sewing machine so it's doable; I used a lot more pins with a domestic sewing machine and I stitched slowly. In both cases (industrial and domestic sewing machines) it is important to secure the two layers together with right sides facing and make sure the pile is tucked it between the two layers, not sticking out from the cut edges. Since I avoid pins with the industrial sewing machine, I hand basted the seams before stitching them by machine and it worked like a charm. I think this will work very well if you use a domestic sewing machine also. 
2 - Use a longer stitch length, 3.5 or higher.
3- After each seam is sewn, take an awl or a darning needle (a blunt needle) and pull the pile which has been caught in the seam out from the right side of the seam.
4 - Try to reduce bulk as much as possible by trimming away excess fur fabric when possible and clipping corners.
5 - Avoid stitching against the nap; when machine stitching vertical seams, always sew from the top down, along the nap.
6 - When sewing lining to fur (lining being more stable), machine-stitch with the lining on the top and the faux fur underneath against the feed-dogs.
---
PT: Coser tecidos de pelo comprido não é fácil e por vezes pode tornar-se muito frustrante. O volume do tecido é imenso e por causa da direção do pelo, as camadas tendem a deslizar entre si quando são cosidas à máquina, tornando a tarefa de alinhar as costuras muito difícil. Aqui têm os meus conselhos para costurar tecidos de pelo comprido:
1 - A máquina industrial torna as coisas muito mais fáceis com tecidos volumosos, no entanto fiz vários casacos, coletes e jaquetas de pelo com a máquina doméstica e é possível: usava era muitos mais alfinetes e cosia muito devagar. Tanto com a máquina industrial como com a doméstica, o importante ao costurar duas camadas direito contra direito é garantir que o pelo fica metido dentro das orlas e não a espreitar para fora das beiras a serem cosidas. Com a doméstica fazia isto usando muitos alfinetes ao longo da costura, que ia retirando à madida que cosia devagar. Com a industrial evito ao máximo os alfinetes, por isso alinhavei as costuras à mão antes de as coser e resultou lindamente
2 - Usar sempre um comprimento de ponto grande, 3.5 ou maior
3 - Depois de coser a costura e retirar os alinhavos, pelo ladop direito puxar para fora os pelos presos com uma agulha romba ou um pente largo
4 - Tentem reduzir o volume das costuras ao máximo aparando os cantos e aparando o pelo das margens no avesso.
5 - Evitem coser na direção contrária do pelo; nas costuras verticais, coser sempre de cima para baixo, seguindo a direção do pelo.
6- Ao coser o forro ao tecido com pelo (sendo o forro mais "estável"), coser sempre com o forro virado para cima e o tecido com pelo por baixo, junto ao arrasto da máquina.
EN: For this jacket I constructed the outer shell first (fur fronts/facings + back + sleeves), then the inner shell (lining fronts, back and sleeves, having the neckline stay-stitched with the seam allowances clipped) and finally the hood (stitched in both fur and lining, then joined together at head opening and front edges). 
---
PT: No caso desta jaqueta dividi o trabalho em partes: cosi a camada exterior em pelo primeiro (frentes/vistas + costas + mangas), depois a camada interior em forro (frentes + costas + mangas), tendo o decote do forro reforçado com um pesponto e golpeado, e finalmente o capucho (cosido em pelo e em forro, ambas as camadas unidas pela orla exterior e frontal).
EN: The finished hood was stitched along the neckline of the outer shell first; then the lining shell was stitched to the facings. the facings/lining were turned so right sides were facing the jacket with the hood tucked inside; the upper facing seam/front neckline was stitched. Then everything was turned right side out, the hood pulled out from the neckline. The lining back neckline was stitched to the back neckline seam by hand. 
---
PT: Depois de terminado, o capucho foi cosido ao longo da orla do decote da parte exterior em pelo; depois a camada interior em forro foi cosida às vistas da frente e girada de forma às vistas ficarem sobre as frentes direito sobre direito, com o capucho no meio das duas camadas. orla da frente do decote é cosida assim, até ao decote das costas que fica em aberto. Depois de girar tudo com o direito  e o capucho para fora, a costura de trás do decote em forro é cosida à mão às costas sobre a costura do decote da jaqueta.
EN: To sew the lining sleeves to the sleeve hems I inserted my hands between the lining and the outer shell, grabbing both fur and lining sleeves and pulling them out so I could sew the lining sleeve to the fur sleeve hem by machine. I then continued with the bagging process by finishing the facing/hem/lining corners as explained in Fashion-Incubator's Nameless Tutorial. I stitched by hand the remaining opening on the lining hem, closing the lining completely.
---
PT: Para coser as mangas em forro às bainhas das mangas em pelo, enfiei as mãos entre o forro e o casaco, pela bainha deste, agarrando as mangas em forro e pelo e puxando-as para fora por aí, o que permite coser à máquina as mangas em forro às bainhas das mangas. Continuei o processo industrial de forrar o casaco fazendo o acabamento do canto de interseção do forro com a bainha e a vista, como está explicado no "Nameless Tutorial" do blogue Fashion-Incubator. A pequena abertura na bainha do forro foi fechada à mão por último.

EN: One thing was missing, which was setting the hems in place permanently; if this was an ordinary jacket I could turn it completely inside out by the small opening on the lining before closing it, and then catch-stitch all hems in place; since turning a faux fur coat through a small opening isn't that easy, I decided to tack the hems from the inside of the coat (lining side) without turning it. All I did was a prick-stitch along the lining seam at the hems (making sure the outer coat was caught in the stitches), knowing the spaced tiny back stitches are virtually invisible on the lining side and won't be seen from the public side either because of the pile hiding them. The hem line is perfectly noticeable from the right side because of the stiffness of the wigan, so I could make an accurate hem like this.
ETA: I forgot to mention that I also tacked the lining to the jacket along the shoulder seam and under the armholes, just to keep it from shifting while wearing the jacket.
---
PT: Falta uma coisa, dirão os mais atentos: coser as bainhas. Num casaco/jaqueta normais, teria de virar tudo para o avesso através da abertura deixada no forro, coser as bainhas à mão e tornar a virar para o direito, fechando a abertura; ora virar um casaco de pelo não é tão fácil, por isso decidi fazer a bainha por fora, do lado interno do casaco. Bastou fazer uns pontos atrás espaçados ao longo da costura com o forro, prendendo a parte de fora do casaco nesses pontos, que são praticamente invisíveis ao longo de uma costura e do lado de fora do casaco não se notam por causa do pelo. A linha da bainha correta é fácil de determinar do lado do direito por causa do wigan usado para reforço, que é rígido, e assim consegui fazer as bainhas de forma precisa e segura.
UPDATE: Esqueci-me de mencionar que também preguei o forro à jaqueta ao longo da costura dos ombros e por baixo das cavas, para prevenir que o forro saia do lugar ao usar a jaqueta.
EN: Sometimes in the process of making this coat I regretted having started with it (specially when I saw all the lint scattered around my house) but in the end it was all worth it and the satisfaction of having and wearing this jacket is like no other. I have made several faux fur garments in the past, which has given me some experience and wisdom, and I hope that on passing my experience to my readers I can enable some of you to try a challenging project like this one. It will be messy, frustrating at times, but if you succeed, the prize will make it all worth it!
---
PT: Por vezes, durante o processo de confeção desta jaqueta, arrependi-me de a ter começado (principalmente quando olhava em volta e via a quantidade de pelo espalhada pela casa, apesar de todo o meu cuidado), mas no final valeu bem a pena e a satisfação de ter conseguido acabar e depois estar a usar esta peça é inigualável. Já fiz várias peças de pelo, o que me dá alguma experiência e conhecimento, que espero que alguns de vocês possam assimilar e quem sabe ganharem coragem para fazer algo do género. Vai ser uma balbúrdia (ahahah) mas no fim vale a pena!
EN: My son came up with an idea to show-case the hood of this jacket on the dress-form and we had a blast together taking these photos with the smiley face balloon!
---
PT: O meu filho teve a ideia de usar um balão com um smile para mostrar o capucho no manequim e fartámo-nos de rir nesta sessão fotográfica!



Happy Sewing everyone!

Boas costuras a todos!

4 comments:

Fran G said...

Your work is so beautiful and inspiring. I live in Florida, USA, so my need for a faux fur jacket is long passed, but I do have a faux fur vest that I am able to wear several times in our winter season. People always comment on it; not sure if they love it or just think I am crazy for wearing it! I don't care! It is comfortable and very stylish! Your postings are simply wonderful; photographs are quite clear , showing detail. Thank you for posting your beautiful jacket and enjoy being the envy of many.

Faye Lewis said...

So luxurious!

Anonymous said...

Thank you so much for this interesting and timely post! I always learn so much reading your detailed explanations... I was thinking about sewing a faux fur coat and having read your recommendations I feel a lot more confident! Julie

Bunny said...

Gorgeous, classic jacket! Your tips are invaluable and quite timely. I plan on making a simple pillow but my fur is similar and seeing this made up certainly inspires. Great post, as always.