Monday, April 28, 2008

A jaqueta Simplicity: O molde e considerações iniciais – The Simplicity jacket: the pattern and initial thoughts

Português
English (uncheck the other box and check this one)
Recebi este molde por ter ganho um sorteio no blog Girls in de Garden da Lori (visitem também os podcasts sobre costura Sew Forth Now, da mesma autora!). Trata-se de um molde muito versátil, com um guarda-roupa completo com diversas possibilidades! Várias combinações possíveis são exploradas numa das edições da revista Sew Stylish, “Be your Own Designer”:
Encomendei esta revista através do site acima mencionado e achei-a excelente e muito inspiradora!

Para já, para quem nunca usou estes moldes, eles vêm impressos em tamanho real em folhas de papel de molde, em vários tamanho escalados; ao contrário dos moldes da Burda, já incluem os valores de costura por isso podem ser usados para cortar o tecido exactamente nas suas margens, em vez de adicionarmos as margens a olho ou quando traçamos o molde (método industrial). Este facto facilita a tarefa do corte, mas torna impossível alinhavar as orlas de costura como costumo fazer. Neste caso, o que faço é alinhavar as marcações como as pinças, as linhas do meio da frente e de trás, a colocação dos botões, etc. cosendo depois as peças sabendo de antemão que devo coser a 1,5cm da margem, a não ser que seja indicado de outra forma no molde. Junto com o molde vêm também umas folhas com as instruções passo a passo, ilustradas com diagramas, planos de corte, explicação dos símbolos usados e das técnicas de costura mais comuns, etc. Estas instruções neste caso vêm escritas em Inglês e Castelhano (os moldes Vogue que conheço costumam vir em Inglês e Francês).
O molde contém um casaco comprido, uma jaqueta com mangas “Merlin” (como eu gosto de lhes chamar), um vestido (que também se pode converter em top), umas calças e uma saia, todos moldes muito básicos e fáceis de alterar para conseguir uma variedade de formas e efeitos. Depois de ver algumas das fantásticas interpretações deste molde realizadas pelas minhas amigas de todo o mundo, resolvi tentar também a famosa jaqueta:
Trata-se no original de uma jaqueta não forrada, com mangas raglan largas a três quartos, gola tipo banda chegada ao pescoço, 3 botões enormes na frente e um cinto (podendo também usar-se solta). Tem um detalhe engraçado, que são as pinças cosidas ao contrário (com o tecido para fora), na frente. As instruções fornecidas são básicas mas permitem realizar esta jaqueta sem grande dificuldade, se as seguirem. É um modelo com pouca margem para erro em termos de prova, por ser muito amplo. Não necessita de chumaços nos ombros, pelo que me apercebi (sim, a minha jaqueta já está terminada, mas ainda vão ter de ler alguns posts até a verem completa!). O molde não podia ser mais simples: uma parte da frente com vista incluída (é também fornecido o molde para cortar a entretela que devem aplicar na vista), as costas cortadas na dobra do tecido, a parte da frente da manga, a parte de trás da manga, a gola aplicada (parte das costas e partes da frente, que deve ser cortada também como vista) e o cinto.

A minha interpretação para esta jaqueta obedeceu aos seguintes pontos:

- Em vez do cinto (uma vez que já tenho mais jaquetas com cinto na minha lista), fazer uma cintura elasticizada com um elástico largo; isto implicava mudar os botões de sítio, colocando um botão na linha da cintura, talvez acrescentando mais um botão na frente para não ficarem mais espaçados. Comprei então 5 botões (um suplente para guardar), mas depressa os meus planos se alteraram.
- Quando vi as mangas, achei que gostava de ver um detalhe, tipo um botão e uma presilha… Para isso são precisos dois botões, um para cada manga, e como só tinha 5, restavam-me na mesma só 3 botões! O que me levou a outra resolução:
- Além da cintura com elástico, acrescentar umas tiras para atar na frente, cosidas no prolongamento do canal do elástico. Esta solução pareceu-me ser indicada para que a frente não ficasse com os botões demasiado espaçados ou mal posicionados. Assim podia manter o posicionamento inicial.
- Forrar a jaqueta completamente, o que implica criar um molde para o forro, alterar um pouco a forma como a jaqueta é construída e fazer algumas modificações no molde original, nomeadamente nas mangas:
- Fazer as bainhas das mangas com vista aplicada, em vez de virar o suplemento de bainha duas vezes para dentro, como indicado nas instruções. Isto proporciona uma margem maior para depois aplicar o forro, sem os problemas que são ocasionados por fazer uma bainha dobrada larga numa peça curva (a bainha fica toda engelhada porque no extremo há mais tecido; normalmente tem de ser franzida para assentar bem).
- Fazer casas de botão avivadas
- A jaqueta não tem bolsos, por isso acrescentei um bolso interior na parte esquerda da frente, abaixo do peito.

Além disso melhorei alguns dos aspectos da confecção, como entretelar a zona da bainha (tanto na bainha da jaqueta como na das mangas), reforçar com fita de entretela termo colante as costuras enviesadas como as cavas, etc. mas isso vou mostrando nos artigos que se seguirão.

Para já, vou mostrar como alterei o molde para cortar o forro; o que estão a ver na foto seguinte é a manga; a linha a tracejado indica a linha de dobra da bainha original, tendo uma margem suficiente para dobrar o tecido duas vezes para dentro. Como vou aplicar vistas na bainha, reduzi esta margem para 1,5cm (linha a preto em baixo). Para fazer o molde da vista, tracei uma linha (a vermelho) a 3,3cm da linha de dobra.
Depois de cortar o molde pela linha preta, coloquei papel vegetal por cima dos moldes da manga e copiei a vista. Como não há necessidade de ter duas costuras (uma na parte superior da manga e outra na parte inferior), uni as vistas com fita-cola (durex para a turma brazileira) sobrepondo-as pela linha de costura (linha que calculei como sendo 1,5cm da margem). Na foto as peças estão alinhadas mas não sobrepostas ainda, para perceberem bem:
Para fazer o molde do forro da frente, usa-se o molde da frente mas temos de descontar a vista e a largura da mesma sobre o molde da frente; para perceberem, dobrei a vista para dentro e coloquei o molde na janela para verem na transparência por onde vou ter de cortar:
A linha vermelha é por onde vou cortar o molde; a distância entre esta linha e o fim da vista corresponde a duas vezes a margem de costura (3cm) pois o molde inclui 1,5cm na vista e o forro também deve incluir. No meio fica a linha por onde se vai coser (não está traçada).O molde da frente e das costas inclui uma margem de bainha de 5cm. Para o forro essa margem deve ser apenas de 1,5cm, para criar a dobra em baixo que permite dar liberdade de movimento e evitar que o forro repuxe a jaqueta quando nos movemos. Então tracei a linha de corte do forro a 3,3cm da linha de corte do molde original:
O mesmo nas costas:
Finalmente, desenhei o molde da presilha das mangas; como podem ver, incluí os valores de costura e também a posição da casa de botão:
Mal tenha tempo, vou mostrar mais detalhes da confecção desta jaqueta, porque acho que merecem ser ilustrados, por isso mantenham-se atentos!

I received this pattern after winning a drawing contest at the Girls in the Garden blog (Lori’s blog; make sure you visit her poscast website, Sew Forth Now too!). It’s a very versatile wardrobe pattern with plenty of customizing possibilities. Several od these possibilities are illustrated in this issue of the Sew Stylish magazine, “Be Your Own Designer”:
I ordered this magazine from the above website and I found it to be extremely interesting and inspiring!

For the ones that never tried this kind of patterns, they come in an envelope and are printed on pattern paper and ready to cut (each pattern comes in a range of scaled sizes). Unlike BWOF’s patterns, these have the SAs included on the pattern so they can be used to cut the fabric exactly on their edge line, which makes the cutting process a lot easier and straight forward (industrial method). This method makes it impossible to thread trace the stitching lines like I usually do, but I still thread trace the darts (just cut one edge of the dart on the pattern and fold it to the side on the side along the other edge), center front and center back markings, etc. Inside the envelope there are also the instruction sheets, where you’ll find the step-by-step instructions normally illustrated with line drawings, the cutting layouts, pattern symbol explanation and the most commonly used sewing techniques. In this case the instructions are written in English and Spanish (the instructions in the Vogue patterns I know are written in English and French).

This pattern contains an overcoat, a jacket with “Merlin sleeves” (that’s what I call them, lol), a dress (you can also make a top from this same pattern), a pair of pants and a skirt, all very basic and simple patterns, which makes the customization process a lot easier. After seeing some great interpretations of this pattern made by my friends all around the globe, I just had to make the jacket, lol!
The original is an unlined jacket, with very wide three quarter raglan sleeves, round faced neckband, three big buttons on the front and a belt (it can be worn unbelted). It has an intriguing detail, that can work well on some fabrics, which are the inverted darts (by inverted I mean sewn on the wrong side). The provided instructions are basic but sufficient for making this jacket with no added difficulty, if you follow them. You just can’t miss with this pattern! There are no fit problems, because this is a wide jacket and it fits very well on the shoulders without the need of shoulder pads (btw, my jacket is finished by now but you all will have to wait and read few more posts about it!). The pattern couldn’t be simpler: the front with added facing (the pattern for cutting the interfacing for the facing is also included), the back cut on the fold, the front sleeve, the back sleeve, the back and front neckband (same pattern for the neckband facings) and the belt.

My interpretation of this jacket followed these outlines:

- Instead of the belt (because I have a couple more of belted jackets in my list), I wanted to make a elasticized waist (a large elastic in a casing); this implied changing the button placement so one button should be placed at the waist level, maybe adding an extra button so they wouldn’t bee too far apart. Having this thought in mind I bought 5 buttons (a spare one, as I usually do), but soon my plans have changed.
- When I started to picture the wide sleeves, I though a little extra detail would look nice on them, like a buttoned tab… For that I needed two more extra buttons and the notions store was closed at the time! So this made me think of a five button solution:
- My solution was adding two front ties at the ends of the elastic casing. This would not make me stop sewing until Monday morning and rushing into the notions store to find two more buttons. I could also keep the original button placement this way.
- Full lining the jacket; this implies creating a pattern for the lining, altering the constructions steps and slightly modifying the original pattern, namely the sleeves:
- Make faced hems on the sleeves, instead of just turning the hem allowance twice to the inside, as indicated in the instructions. This will allow extra width on the hem, necessary for applying the lining sleeve later. As you know, simply turning to the inside a large hem allowance doesn’t work well on rounded hems, but a faced hem works like a charm in this case.
- Make bound buttonholes
- The jacket has no pockets so I also decided to make an inner chest pocket.

Besides all these I complemented the instructions, interfacing the hems (on both the jacket and the sleeves), reinforcing the round seams with fusible tape, etc. and I’ll show you the interesting construction details in the following articles before showing you the final product.

Today what I mean to show you is the way I altered the pattern to be able to use it for cutting the lining, so the following will be very technical info. In the next picture you see the one of the sleeve patterns; the dotted line indicates the sleeve edge after turning the hem allowance to the inside twice. For making a faced hem I don’t need all this hem allowance, only the default (3/5” in imperial units, I think, but I’m not sure because I always use the metrical unit system). So the black line indicates the new pattern outline.
In the previous picture you can also see a red line, which I’m using as a guide for the hem facing pattern. Next I placed a sheet of pattern paper on top of this pattern and I drew the hem facing for each part of the sleeve (front and back). There is no need for two seams joining the front and back hem facings so I’m eliminating the upper seam, overlapping the two pieces at the stitching line (in the picture the two parts are aligned but not overlapped yet so it’s easier to understand):
To make the lining front pattern I need to take off the front facing and the front facing width (keeping in mind that it includes SAs) and add new SAs to the lining. I placed the pattern with the facing folded to the inside at my window so you can see through its transparency:
The red line is where the pattern will be cut; the distance between this line and the facing edge corresponds to twice the SA width, so imagine the stitching line exactly in between.
The front pattern also needs to be shortened because you don’t need the extra 2 inch hem allowance on the lining; instead I add only the standard SA. (This means that the lining will be the same length as the jacket but it will be stitched to the jacket’s hem allowance above the edge so it will form the fold needed for freedom of movement and it won’t be seen from the right side.
The same for the back pattern:
Finally I traced the sleeve tab pattern, including the standard SA width and also the buttonhole placement line:
As soon as I can I will show you more details of the making of this jacket, because I feel they are really interesting! Stay tuned!

11 comments:

paco peralta said...

Tany.- me encanta el tratamiento que vas a darle a esta prenda. La vaina de la cintura puede quedar muy bonita si la prolongas con cintas para atar. Bueno, quedo impaciente por ver todo el proceso, que seguro nos tendrás muy entretenidos. Ya tengo pensado yo también alguna tela para esta chaqueta....uhmmm. Un fuerte abrazo para tí y mis mejores deseos para este nuevo proyecto. Paco

Ana Carina said...

Olá Tany,
Vais fazer muitas alterações ao modelo original...
Fico a aguardar os desenvolvimentos (fiquei curiosa com o elástico na cintura...como será?!)

Bom trabalho e beijinhos

Erica B. said...

Tany,
Your jacket will be so fabulous when you are done. I made this one last Fall and I have worn it so much.

Tany said...

Paco: Voy a enviarte una foto de la chaqueta terminada para que veas se te gusta cuando regresar a mi casa. Hoy no tuve tiempo de ir a la oficina de los coreos para enviarte un paquete incluyendo este patrón pero lo haré seguramente mañana. Gracias por tu presencia siempre muy apreciada!

Ana Carina: O molde para a jaqueta propriamente dita não o alterei muito, apenas adicionei as vistas das baínhas das mangas e as presilhas. A maior parte das modificações foram feitas para depois cortar o forro. QUanto ao elástico, basta fazer um "canal" em torno da cintura, cosendo juntamente o forro e a jaqueta, no qual se insere o elástico largo! O efeito é uma cintura franzida! Num dos próximos artigos vou tentar explicar exactamente como fiz! Beijinhos e obrigada!

Erica: I remember your fabulous red suede jacket, impeccable sewn with bound buttonholes, french seams and the chain as hanging loop! How could I forget it?

Carolyn (cmarie12) said...

I can't wait to see your version of this jacket especially since you are interpreting it for your lifestyle. I made this jacket and it is one of my favorite pieces in my fall wardrobe!

christina said...

I like your ideas for the jacket - and that Sew Stylish magazine is a great source of inspiration.

peacockchic said...

oh wow can't wait to see your version! I have had this on my list for while and it may be time to make it with your expert course :O)

Tany said...

Carolyn: Oh yes, I remember your version very well!!! Modified sleeves, full lining and beautiful buttons! Beautiful job!

Katrin said...

Dear Tany,

now you got me! After reading your great and informative post I immediately ordered the pattern...
Thank you :-)

Best regards,
Katrin

Tany said...

Katrin: You won't regret it! At least the jacket's pattern is proven and tested and the results are wonderful! And I love the fact that this pattern is so full of possibilities!

Mamã Martinho said...

Grandes alterações! Estou super curiosa para ver a jaqueta depois de feita, deve ficar bem mais gira que a original.

Bjs

Mónica

PS- Reconheço o tecido ;)