Friday, April 11, 2008

Jaqueta Burda 03/08 modelo 104: Introdução e costuras princesa – Jacket BWOF 03/08 model 104: Introduction and princess seams

Português
English (uncheck the other box and check this one)
MUITO OBRIGADA pelo vosso apoio, palavras encorajadoras e elogios. Numa fase em que o tempo é tão pouco para fazer o que gosto, e que os problemas me condicionam a vida, o vosso apoio tem sido um grande empurrão. É com alegria que posso dizer que a minha tia se encontra já fora de perigo, embora ainda sob vigilância em virtude de ter a pressão sanguínea demasiado alta.

O que tenho feito? Muito pouco, de facto. Como já disse estou a preparar uma lista de projectos para a Primavera Verão, o que implica fazer uma triagem aos tecidos que tenho lá em casa, comprar outros, lavá-los e passá-los (prepará-los para a costura) e atribuir-lhes um modelo. Já tenho algumas ideias, mas muita coisa está ainda por definir.
Entretanto, muito devagarinho, fui iniciando um projecto já para a Primavera, ou melhor, para o período de transição. Já vos falei dele num post anterior:
Características: Jaqueta forrada, ajustada com costuras princesa na frente e pinças na cintura atrás, mangas raglan a ¾ com punhos pregueados e cintos que apertam com uma mola (adornados com um botão). A gola é subida e a frente aperta com molas escondidas. A gola e a parte da frente abaixo da cintura são adornadas com botões. Tem bolsos metidos na costura pespontados na costura que une o painel lateral à frente.
Para confeccionar esta jaqueta vou usar um tecido que tenho há alguns anos (e do qual já fiz algumas peças, que vou poder usar com esta jaqueta), um tecido misto de linho cinza prateado. Para o forro um tecido tipo seda estampada que também tinha guardada há alguns anos e para botões, os que recebi da Laura Popa há algum tempo (ainda me falta decidir sobre as molas de pressão que vou usar):
Ora aqui surge um problema de imediato: tenho apenas 4 botões e o modelo pede 5 (3 grandes para a gola e frente e dois mais pequenos para os cintos dos punhos). Dentro das opções que tenho, estou indecisa entre duas: não aplicar os cintos nos punhos, ou aplicá-los sem botões, e manter os três botões na frente; ou aplicar dois destes botões grandes nos punhos, um na gola e não aplicar os dois da frente em baixo. Ainda tenho tempo de decidir, por isso logo se verá.

Quanto á construção da jaqueta, acrescentei algumas coisas que não são especificadas nas instruções da Burda, umas relacionadas com as características do tecido que estou a usar e outras com técnicas de costura mais optimizadas.

A primeira coisa de diferente que fiz foi em relação às entretelas: usei 3 tipos diferentes de entretelas termo-colantes: entretela tecida fina, entretela de malha fina e fita “beta” para reforço das costuras enviesadas.

- Entretela tecida fininha: para todas as áreas especificadas pelas instruções da burda (frentes, laterais da frente, gola, metade dos punhos, etc.).
- Entretela de malha fininha: esta entretela serve apenas para dar mais estabilidade ao meu tecido, que considero ser demasiado mole para o efeito estruturado pretendido nesta jaqueta. Usei-a nas costas, nas mangas e nos punhos pregueados.
- Fita beta: Para reforçar costuras em viés: cavas e decote.

Agora vou falar um pouco sobre as costuras princesa. Neste caso as costuras princesa dividem o bloco da frente em dois (uma parte lateral e uma frontal) através de uma costura que se inicia na cava, que modela o peito e que continua até a bainha, dando forma à cintura. Há alguns pormenores que não são mencionados nas instruções da Burda. O primeiro factor a ter em consideração é que estamos a lidar com costuras curvas: num lado a costura é côncava (centro frente) e no outro convexa (lateral). A costura côncava vai ter que se adaptar à convexa e isso só é possível golpeando os valores de costura para que o tecido assente na curva. Sempre que temos de golpear uma costura antes de a coser, é conveniente cosermos um pesponto rente à linha da costura, no lado da margem (os moldes da Vogue nunca deixam de mencionar este passo!). Depois podemos golpear até este pesponto sem corrermos o risco de atravessarmos a linha de costura ou de esta esgaçar, porque já está reforçada com o pesponto. Os golpes são feitos nas margens da parte central quando juntamos as duas partes (lateral e frontal) ao longo das costuras princesa, direito contra direito, portanto antes de cosermos a costura princesa, de forma a conseguirmos “curvar” a parte central sobre a parte lateral ao longo da sua costura curva. Depois de coser, podemos fazer uns entalhes em “v” na margem da lateral, para a costura abrir melhor quando se passa a ferro aberta:
Notem que podem ver o pesponto de reforço na parte central, mesmo junto à costura, e também os golpes e os entalhes, respectivamente na parte central e lateral da frente:
Para passar a ferro deve usar-se SEMPRE uma superfície curva; uma almofada de alfaiate, a beira da tábua de passar como é demonstrado neste tutorial, http://www.burdastyle.com/howtos/show/245 ou outra superfície curva de que disponham. Um truque que uso para que as costuras fiquem assentes bem abertas é logo depois de passar o ferro, aplicar pressão sobre a costura enquanto ela arrefece, usando por exemplo o rolo de passar (o rolo, tal como a almofada de alfaiate é cheio de serrim, e a madeira é um excelente condutor de calor, o que permite arrefecer a costura enquanto se aplica pressão):
No final também passo as costuras princesa pelo lado direito, sobre a superfície curva e protegendo o tecido do ferro com um pano de passar. Como esta jaqueta será completamente forrada, não me vou preocupar em rematar as margens destas costuras.
Fiquem bem e até à próxima!


THANK YOU ALL SO MUCH for your support, kind words and compliments. During this difficult period in my life, with less time for doing what I love to do, you are a big incentive and move me forward. It’s with great joy that I can tell now that my aunt is out of danger, though still needing special care, mainly because of her abnormally high blood pressure.

What have I been doing? Very little, I’m afraid. As I had mentioned before, I am trying to prepare a spring/summer project list, and it involves sorting my fabrics, buying some more, pre-treat them and associate them with projects from my wish list. I have a few ideas but there’s still a lot to be settled.
In the meanwhile, at a very slow pace, I began my first sewing project for spring, better said for the transition period between winter and spring. I’ve already shown you this model in a previous post:
Model’s description: Full lined jacket, adjusted by princess seams on the front and waist darts on the back, ¾ raglan sleeves with pleated cuffs and cuff belts with a button. High neck collar with a hidden snap and button, front closure has hidden snaps and two buttons bellow the waist. It features topstitched in-seam pockets on the seams that join the side panels to the center fronts.
For this jacket I’m using a silver gray linen blend that I have stashed for ages (in fact I’ve made some garments from this fabric in the past that can be paired down with this jacket). For the lining there’s this printed silky fabric, also from the stash, and the buttons were a gift from Laura Popa. I have yet to make up my mind about the snaps (huge ones? Covered big ones?).
So here’s my first problem: I have only 4 large buttons for a jacket that requires 5 (3 large buttons and two smaller ones for the cuffs). From the available set of options I am undecided between two of them: skipping the cuff belts and keeping the tree buttons on the collar and front or just using one button for the collar, one on each cuff and skipping the two buttons below the waist. There’s still time and I’ll make up my mind later.

Concerning the jacket’s construction process, I’m adding a few steps along the way to the BWOF’s instructions. Some have to do with my fabric’s characteristics and others with better sewing techniques.

First thing I did differently was the interfacing; I used three different kinds of fusibles on this jacket: thin woven, thin knit and woven reinforcement tape (Beta tape).

- The thin woven was applied everywhere that was mentioned in the BWOF’s instructions (front and side panels, collar, half the cuff belts, etc.)
- I applied the thin knit on pretty much what’s left of the jacket, just for stability (back, sleeves, and pleated cuffs). I believe my fabric alone isn’t stable enough for this jacket’s structured look.
- Beta tape: for bias seam reinforcement and stability (neckline, armholes).

Now I’ll address the princess seams. In this case, these are armhole princess seams (they start at the armhole, shaping the chest and the waist, ending at the bottom hemline, dividing the front into two different panels, the center front and the side front). There are a few details that BWOF’s instructions don’t mention and I believe they are important. We are dealing with curved seams, where an inward curve (center front panel) will be adjusted to fit an outward curve (side panel). This being said, you must all know that the inward SA must be clipped or else it won’t fit the outward SA. It’s a good practice to stay stitch a seam line if its SA is to be clipped before stitching the seam closed. Vogue’s instructions never skip this step! After stitching the princess seam the SAs are pressed open and the outward SAs (side panel) must be notched so it opens and stays flat, as seen in the next picture:

If you look closely you can see the stay stitching, a hairline from the stitching line, and also the notching and the clipping, respectively on the side panel and the center front panel:
For pressing the princess seams open you must ALWAYS use a curved surface; a tailor hem or the curved edge of the pressing board (as shown in this tutorial: http://www.burdastyle.com/howtos/show/245 ) will do just fine. I make use of a little trick for achieving perfectly pressed open seams: After steaming and pressing the seams open I let them cool while I am applying pressure using my seam roll. As you know, both the tailor ham and seam roll are stuffed with wood dust and wood is a good heat conductor; the seam roll, cools the seams while it keeps them flat and open.
In the end I also press the princess seams on the right side, using the tailor ham and a pressing cloth to protect the fabric’s surface from the hot iron. This jacket will be fully lined so there is no need for finishing the raw edges (and the raw edges are less bulky and less subject for causing imprints on the right side).
Ok, so stay tuned and ‘till next time!

22 comments:

Ana Carina said...

Tany,
Este modelo é muito giro.
Tu, como sempre, vais dar o teu toque especial...o forro estampado que é muito original (eu também adoro contrastes nos forros).
Eu gosto muito do corte princesa porque delinea bem a zona do peito e faz com que o modelo acente bem.

Bom trabalho

MARIA ELENA said...

Tany, estabamos extrañando tus instrucciones de costura. He leído todo el post por medio de un traductor y aunque algunos palabras son confusas, sin embargo, se comprende. Los botones están exquisitos, yo personalmente los dejaría para otro proyecto donde los pueda utilizar todos sin perjuicio de cambiar el modelo original, pero en toco caso, yo dejaría sin botones los puños de las mangas que necesitan de botones más pequeños.
Estaré atenta a las próximas publicaciones sobre esta chaqueta. Me alegra mucho que tu tía se encuentre en un estado más estable, mente positiva y recibe un gran abrazo.

Tany, estabamos estranhando tuas instruções de costura. Li todo o pós por médio de um tradutor e ainda que alguns palavras são confusas, no entanto, se compreende. Os botões estão extraordinários, eu pessoalmente deixá-los-ia para outro projecto onde os possa utilizar todos sem prejuízo de mudar o modelo original, mas em toco caso, eu deixaria sem botões os punhos das mangas que precisam de botões mais pequenos. Estarei atenta às próximas publicações sobre esta jaqueta. Alegra-me muito que tua tia se encontre num estado mais estável, mente positiva e recebe um grande abraço.

Ana Carina said...

Tany...há pouco esqueci-me de desejar as melhoras para a tua tia (desconhecia a situação).
Tudo vai correr bem...
Beijinhos

Tany said...

Maria Elena: Este articulo es acerca de tres asuntos: la introducción a esto nuevo proyecto, explicando sus principales características, y dos aspectos de su confección, que he hecho de diferente manera de la que es explicada en las instrucciones de Burda; cuanto a la confección, yo explico que utilicé tres tipos de fusibles: la tela fusible suave “normal” tejida (para todo que es mencionado en las instrucciones de Burda), otra tela fusible más suave, de punto (para las mangas y espalda, esto porque esta tela que estoy usando no es adecuada para esto modelo tan estructurado y entiendo que es necesario aplicar un refuerzo adicional) y también por último la cinta “beta” que Paco me ha enviado, aplicada en las sisas y escote. Después de explicar esto, intenté también explicar como he hecho las “costuras princesa“, las costuras curvas verticales que dividen los delanteros de la chaqueta. Aquí explico que antes de unir las dos piezas, tengo que hacer unos piques en lo painel central delantero y para eso es mejor hacer un pespunte próximo de la línea de costura primero (sobre el borde de la costura) para refuerzo y estabilidad. Después explico una forma de planchar estas costuras abiertas, usando una superficie curva y también ejerciendo presión enguanto la costura se enfría, para que se quede bien abierta y planchada. Espero que entiendas mis explicaciones, que mi castellano no es perfecto! Gracias por tu visita y comentario!

Ana Carina: Obrigada! Também gosto muito de costuras princesa, principalmenet porque permitem um ajuste perfeito na prova! Beijinhos!

MARIA ELENA said...

Perfecto Tany, gracias

Erica B. said...

Great advice on the princess seams. I love the tailoring from both armhole and shoulder seams.

Lori said...

Thanks for the pressing and clipping advice. Can't wait to see your jacket, it is a great style.

Celina said...

O modelo dessa jaqueta é lindo (gosto muito desta tendência de usar folhos nas mangas e nas bases das peças, dá um ar muito feminino). O tecido e o forro parecem ir combinar muito bem. Mais uma vez, adoro estas dicas (passar a ferro em superfície curva), muito úteis para quem não tem experiência.

Bom trabalho. E tudo a correr bem na tua vida pessoal e profissional.

Beijinhos

Summerset said...

I'm glad to see you making this one! I have fabric for the same jacket, but won't get to it until late May or June.

You're absolutely right about BWOF's directions and the stay stitching/clipping. In fact there are very places where they instruct you to do so, where you should. For example, stay stitching the curved neck edges of garments, the princess seams you mentioned, sleeves or the body of a garment where a placket is to be installed, etc. Those are the immediate ones that come to mind, but you get the idea. This is something important for beginner sewers that shouldn't be skipped!

Vicki said...

Great choice for your next project. This jacket has some lovely lines.

Anonymous said...

Great advice, thanks for detailing for us.

What is Beta tape?

Angie R.

Tany said...

Angie R.: "Beta" is the Spanish name for this fusible tape which was sent to me by Paco Peralta. It's a fusible on-grain woven tape for seam reinforcement. Thank you for visiting!

Anonymous said...

Tany, thanks for the clarification.

Angie R.

Reethi said...

Ahem. I'm making the blouse-jacket in this issue - 117, I think. Similar style - princess seams, front & back arm pieces... I just finished stitching all the princess seams, didn't do the clipping before sewing. I'm interested to see what I'll end up with. Thanks for sharing this though, as a beginner, I will atleast know what to do the next time.

cleo a fada dos pontinhos said...

o mão santa meu deus, ai como gostaria de ter o poder nas mãos para a costura mas...

Audrey said...

♥..Olá...Amiga!!! passei pra lhe desejar ....... ♥

           Um maravilhoso ♥ Final de Semana.

Gostei muito do seu novo projeto iria cair muito bem pro lado de cá também é que agora estamos no outono período que não é tão frio nem calor.

         ♥ Bjs Audrey♥

rosa said...

OI TANY
faço votos que a situaçao da tua tia se resolva e tudo volte ao normal,se Deus quizer.
gosto muito desta jaqueta,tem um corte muito bonito,e as mangas adoro,eu sempre tive uma paixao por mangas com cortes diferentes dos usuais,personaliza e embeleza mais as peças!!
aos bocadinhos ja vou tendo internet!!!
tambem estou a organizar projectos de primavera,embora aqui siga com chuva e frio dia sim dia ñ.
um bom fim de semana para ti amiga
bjs
ROSA

Carolyn (cmarie12) said...

Thank you for sharing pics and construction techniques of your new project. As always it is so interesting to watch one of your projects come to life!

paco peralta said...

Tany, gracias por el "cursillo", eres la mejor para estas cuestiones. La tela se ve preciosa y el forro quedará muy original. En cuanto a los botones, yo optaria por eliminar los de la cintura, solamente son de adorno y quizás hasta representen molestia en esa zona. Un abrazo para tí y muchos exitos en este nuevo proyecto. Me alegro que todo vaya bien en la convalecencia de tu tía.
Paco

Tany said...

Cleo a fada dos pontinhos: Obrigada e muito bem-vinda! A costura não é difícil, apenas é necessária prática, perseverança e vontade!

Paco: Gracias mi querido amigo! Estamos de acuerdo cuanto a los botones; a mí me parece que sin los botones de las mangas la chaqueta non se quedará bien. Besitos para tí!

Rosa: que bom que estás de volta!! Tenho que te escrever a pedir a nova morada ;) Beijocas!

Reethi: If you are making an unlined blouse, the treatment on the princess seams should be different because you don't have the lining hiding the inner details. In that case one possibility is using the serger to finish very narrow SAs (serging the two SAs together as one) and I would press them towards the center front. Each case is different and with practice you'll know the right thing to do and what works best for you :).

Adrienne said...

Ohh, great tips for the princess seams!!!r

Mamã Martinho said...

Bem, já vi por onde estas a começar! Bem escolhido o modelo e o tecido estampado para o forro, fica bem original!

Bjs

Mónica