Sunday, July 13, 2008

Notas sobre a alteração das mangas e a prova do decote - Notes on the sleeve alteration and the fit of the neckline

Português
English (uncheck the other box and check this one)
Como reduzi o franzido da cabeça da manga e como transferir esta alteração para o molde de papel:

Dependendo do tecido e do estilo pretendido para a manga, às vezes há a necessidade de reduzir o franzido (folga) na cabeça da manga para que a manga encaixe melhor na cava. Esta alteração não é difícil mas há alguns pré requisitos:
- A cava está correctamente desenhada e não há a necessidade de mover a costura do ombro (isto é muito importante pois se a cava não está bem, não há alteração possível na manga que o corrija)
- A linha do decote está correcta
- Todas as alterações na frente e costas do casaco já foram feitas
- A manga original cai ao longo do lado do casaco correctamente, isto é, um pouco inclinada para a frente seguindo a postura natural do braço
- O braço move-se livremente e a manga é larga o suficiente para acomodar o braço confortavelmente
- Tudo o que é potencialmente errado é o excesso de folga na cabeça da manga causando encorrilhado (e digo “potencial” porque depende do tecido; se for lã, este excesso pode ser encolhido com o ferro, usando calor e vapor para dar forma à cabeça da manga depois de a franzir e antes de a aplicar na cava) e/ou sobra tecido à frente ou atrás da cabeça da manga (isto é fácil de corrigir a aprofundando a curva da cabeça da manga, retirando o excesso)

Para avaliar a quantidade de folga a ser retirada, muitas vezes meço a cava e a cabeça da manga, mas apenas a observar o modelo de prova podemos ter uma percepção aproximada do excesso a retirar. Não gosto de exagerar; este é um ajuste pequeno e sempre testado no modelo de prova, como fiz neste caso (se tirarem demasiada folga o braço fica levantado para o lado ou repuxa o ombro). No caso do meu casaco quis tirar 2cm de folga, pelo que basta reduzir em 1cm a altura da cabeça da manga (1cm de cada lado da costura dá 2cm no total), na forma de uma prega perpendicular ao sentido do fio de 0.5cm de profundidade e colocada acima das marcas do franzido. É assim que isto é transferido para o molde de papel, antes de usá-lo para cortar o veludo:

A prega dobrada e com fita-cola (durex para a galera brasileira) a segurar:

Alisando a curva, retirando o excesso na parte da frente da cabeça da manga:


Alisando o contorno das costas da cabeça da manga:


A prova do decote:

A Els chamou-me à atenção para o facto do decote parecer um pouco solto na minha foto (vista de frente) com o modelo de prova vestido. Já tinha notado isto mas não lhe dei muita importância, pensando que seria por causa das margens de costura largas e não passadas a ferro, mas ouvindo o conselho da Els, fui verificar de novo. A Els aconselhou-me a comparar a medida do decote no molde com a do modelo de prova, para ver se a costura relaxou devido ao facto de não estar estabilizada; também sugeriu que eu comparasse o molde Patrones com um molde de casaco que já tivesse usado, por exemplo da Burda. Quando comparei o decote com o do molde, vi que tinha esticado pouco menos de 1cm, mas mesmo assim isto influencia o aspecto geral (o que relembra a importância de estabilizar as costuras do decote e das cavas em alfaiataria). Ao comparar com o molde Burda, o que reparei é que a Patrones tem os ombros mais inclinados e daí resolvi usar uns chumaços mais pequenos. Eis o resultado (já agora, relembro que a foto seguinte é uma imagem no espelho, pelo que a manga alterada é a que aparece na esquerda da foto; outra factor é que estou a usar apenas uma T-shirt por baixo, daí o casaco parecer um pouco largo):

Eu e a Els concordámos ambas que não há necessidade de alterar o decote, uma vez que agora parece quase perfeito. Deste exemplo podemos aprender que os pequenos detalhes, como reforçar/estabilizar as costuras e os chumaços adequados fazem uma grande diferença no cair de uma peça. Os meus agradecimentos à Els por ter tomado o seu tempo para me ajudar!

How I reduced the sleeve cap ease and how this alteration is transferred to the paper pattern:

Depending on the fabric and the style intended for the sleeve (and your personal preference), sometimes there's the need to reduce the sleeve cap ease so the sleeve fits better on the armhole. This is not a difficult alteration but I always check the following list first:
- the armhole is correctly designed and there isn’t the need of changing the shoulder seam (this is an important requisite to start with);
- The neckline fits according to the expected
- All the alterations/adjustments needed on the front and back of the coat were already made
- The sleeve, as is originally, hangs correctly from the shoulder and leans slightly to the front, following the natural posture of the arm
- The arm movement is not restrained by the sleeve and there is enough ease along the sleeve to accommodate the arm comfortably
- All there is potentially wrong is the extra ease causing puckers on the sleeve cap (and I say “potentially” because it depends on the fabric you’re using; if you are using wool, on most cases the extra ease can be shrunk to fit the armhole), and/or there’s a little excess fabric on the front or on the back of the sleeve cap (this is easy to correct just by deepening the curve on the referred side of the sleeve cap, removing the excess fabric - again, this is a slight adjustment!).

To evaluate the extent of the cap ease to be removed, I often measure the armhole and the sleeve cap, but just by observing the original sleeve one can have the perception of how much ease needs to go away. I don’t like to exaggerate; this must be a small adjustment and always tested on muslin first, as I did for my coat (if you take off too much ease, the sleeve will rise to the side or will pull the shoulder down!). Here I wanted to take off 2cm of ease and narrow the front cap of the sleeve, because I could see there was too much fabric there. So I took off 1cm of the cap height (making a 5mm deep fold) above the easing notches, and this is how it’s done on paper:

Folded and taped in place:

Trueing the front cap curve, taking a little width off:


Trueing the back cap curve:


The fit of the neckline:

Els brought to my attention that the neckline was a little loose on the first picture of me with the muslin on (front view). I had noticed this before but thought it was due to the not pressed wide SAs inside the collar, but listening to Els advice I went and checked it again. Els advised me to measure the neckline on the pattern and the muslin to see if there has been some stretch due to the neckline not being stabilized. She also suggested that I could compare the pattern with a known pattern from BWOF, for example. When comparing the neckline measure of the muslin with the paper pattern I found out that there was a stretch of less of 1cm, but still this influences the fit of the neckline/collar (this enhances the importance of stabilizing these seams when tailoring; it does make a difference!). When comparing this pattern with a BWOF coat pattern, I also found out that the shoulders of the Patrones have more slope, hence I tried a smaller shoulder pad (with less height) and this was the result (btw, just remembering that this is a mirror image so the sleeve on the left of the picture is the one with the alterations; also, I'm wearing a T-shirt under the muslin here, so it may look a little hollow on me):

I and Els both agreed that there is no need to alter the collar, since it looks almost perfect now. From this example we can all see how little details like the correct shoulder pad or the stabilizing of the neck seam have a great influence on the overall fit of a garment. Thank you Els for taking the time to help me out with this!

21 comments:

paco peralta said...

Tany.- muy òptimas todas las rectificaciones que hiciste en el patrón (tanto en este post como en el anterior). Yo le veo muy adaptado a tu figura y el problema de la manga parece resuelto con la disminución del "flojo". Yo también suelo quitar un poco de flojo generalmente en casi todas las mangas, más ahora que la moda son mangas muy pegadas y lisas. Bueno, ya quedo impaciente por el siguiente post. Un abrazo y hasta pronto, Paco

Nina said...

Now it's perfect! And take care of your health!!

Tini said...

I'm learning so such! Thank you again for a very detailled series!

Els said...

Tany, you're welcome.

Ana'scloset said...

Vejo que já estás recuperada. Que boas notícias!!... e para compensar o tempo que não pudes-te costurar, agora pões tudo em dia!
O casaco, pelo prova, vai ficar um espectáculo!

Beijinhos

Marcia Hilleshein said...

Olá, Tany.
Menina, vc me visitou exatamente um minuto depois que fiz a postagem dos cachecóis! Obrigada pela visita.
Sabe, tenho pensado muito em vc, estou planejando fazer um casaco para mim, um comprido em tecido um pouco mais pesado... mas com a alergia, acho que não vai ficar pronto para esse inverno, rsrs.
Seus trabalhos estão maravilhosos como sempre, seu blog é inspirador.
Bjs.

LauraLo said...

Tany, the fit looks really good to me now. I can't wait to see this coat made in velvet.

Sigrid said...

Good fit Tany. Like Laura I'm so looking forward to your coat.

Vicki said...

Yes, I can see the neck problem now! Thanks for pointing it out and how you fixed it.

Celina said...

Como sempre, é muito interessante ler as tuas explicações/rectificações. Aprendo a olhar para os moldes com espírito crítico. Dantes achava incrível todo esse cuidado no "rascunho" da peça, mas ao contrário do que parece, é um trabalho indispensável e é ele que vai ditar o sucesso da versão final.
Fico contente que tenhas recuperado rapidamente. De qualquer modo não abuses, descansa de vez em quando para não voltares a piorar.
Bjs

Mamã Martinho said...

Só reparei no facto do decote agora que o referis-te, mas tens toda a razão assim fica bem melhor!

Bjs

Mónica

Ana Carina said...

Tany,

Eu também só reparei nesse pormenor agora que chamaste à atenção para esse facto.

Realmente parece-me que fica bem melhor agora...

Mas isto das provas tem muito que se lhe diga...eu, por exemplo, que já fiz imensas provas de roupa feitas pela minha mãe, às vezes tinha a sensação que não estavam bem alguns pormenores, mas depois de estar mesmo feito, ficava tudo perfeito.

Há que dar esse desconto...porque é uma prova, não é o "produto final". O ferro de engomar tem um papel importantíssimo para a peça assentar bem!

Este teu casaco é a prova disso! A gola e o decote ficaram perfeitos!

Tany said...

Ana Carina: Concordo na totalidade! A prova serve só para determinar as proporções e o aspecto geral, dando para ver se a folga é suficiente, se o casao está equilibrado, se os bolsos estão no sítio correcto, se não há defeitos evidentes, etc. Não se passa a ferro a prova tão bem, nem sequer se colocam as vistas e a parte de cima da gola, que fazem bastante diferença, ainda mais num tecido muito mais grosso como o veludo, que depois ainda será entretelado. Não se pode esperar que a prova seja uma peça com o cair exacto da peça final, uma vez que o tecido é muito diferente. Por isso é que parece mais largo, o peito fica um pouco oco e mesmo as mangas parecem por vezes mais largas do que o necessário. Mas acredita que num tecido grosso como o veludo, depois de bem trabalhado, tudo cairá no sítio devido! Beijinhos e obrigada!

Cindy said...

This coat is looking fantastic. Thank you so much for your wonderful tutorials. So helpful. Glad to hear that you're feeling better.

Charlene McGill said...

Your coat looks good. Thanks for sharing your solution on removing excess ease in a sleeve cap. I'm having problems fitting my large upper arms and the example helps out a lot. It lets me know that I'm on the right track.

Tany said...

Thanks Charlene, I'm glad this info is useful!
And welcome to Couture et Tricot!

Chuana said...

Sempre com as mãos ocupadas, não é?
Obrigada pelo apoio Tany ;)
O tempo agora já vai dar para comentar mais as tuas obras de arte, adorei tudo até agora! Acho que qualquer dia ainda te encomendo uma camisola :p (a sério!)

Bjs
Chuana :)

nile santos said...

Oi amiga.Adorei as suas explicações.bjtos.Nile.

CORTEYGRIF said...

È por estas postagens fantasticas,e explicaçoes tao detalhadas,que seria uma honra trabalhar contigo!
jà te recomendei a uma nova amiga das costuras
-Freecloset.blogsppot.com
chama se Ana
besitos
ROSA

Ann's Fashion Studio said...

Tany, your detailed articles are so very helpful. The fit really looks gteat and I am also anxious to see your coat made up :)
(I'm so far behind - I'm hoping to get my muslin made up this week end)

##Danda## said...

oLÁ , GOSTARIA DE SABER ONDE VC FAX ETIQUETAS ??
BJOXX
danda_ilovehc_182@hotmail.com