Tuesday, September 15, 2015

The Couture French Jacket: Not all chains are created equal – Jaqueta Alta-Costura inspirada em Chanel: Não se coloca uma corrente qualquer


EN: Summary: The last considerations before finishing the jacket go to the chain choice. What matters to choosing the right weight chain and where to find it. Keep reading to find out more. 

--- 

PT Sumário: As últimas considerações antes de terminar a jaqueta vão para a escolha da corrente (nestas jaquetas é aplicada na bainha). Continuem a ler para descobrir que características são importantes numa corrente que serve este propósito.

EN: The Chanel chain is usually thought of as a distinctive and original detail which defines the Couture Cardigan. In spite of being the easiest detail to replicate and one of the most copied, it has its charm and, above all, it has its purpose: besides being decorative, it counter-weights all the trims and buttons on the front and make this very lightweight jacket hang better closer to the body. So what should we be looking for in a chain for this special purpose? 

1 – It shouldn’t be too light (like those aluminum made chains usually used for other crafts) nor too heavy that it would distort the hems of the garment. It shouldn’t be bulky either. 

2 – The metal should be high quality, not to get rusty or peal 

3 – Since the chain will be worn against other garments, it shouldn’t be abrasive and, if possible, it should be flat (or else it could create a ridge on the garment). 

4 – If possible the links should be whole; if this doesn’t happen, the hand-stitches that hold the chain to the jacket’s hem could be loose. 

So where to find these chains? The one I’m using was a gift from a dear friend, but you can try the notions stores if you know what you’re looking for. Susan Khalje’s online shop also sells them in both gold and silver and you’ll know you get the right chain for this type of jackets (click here). These chains are expensive but worthy; don’t go for the cheap stuff. 

--- 

PT: A corrente Chanel é considerada uma característica diferenciadora dos seus cardigans Alta-Costura, mas apesar de ser um dos detalhes mais fáceis de copiar, tem o seu charme e, acima de tudo, tem um propósito que é muitas vezes negligenciado face ao seu poder decorativo. A corrente serve de contrapeso a todos os galões e botões que adornam a frente da jaqueta, e permitem que tenha um cair melhor junto ao corpo. Então que características devemos procurar quando escolhemos uma corrente para este propósito? 

1 – Não deve ser demasiado leve (como as correntes feitas de alumínio usadas noutros lavores), nem tão pesada que deforme a bainha da jaqueta, o seu efeito deve ser suave. Também não deve ser muito grande/volumosa. 

2 – O metal deve ser de alta-qualidade, não enferrujar ou descascar com o tempo. 

3 – Uma vez que será usada contra outras roupas, não deve ser abrasiva e, se possível, deve ser chata (para não criar vincos na roupa). 

4 – se possível os elos devem ser inteiros; a corrente é cosida com pontos à mão à bainha da jaqueta e se os elos forem abertos, os pontos podem escorregar e a corrente soltar-se. Então onde encontrar estas correntes? Podem tentar nas grandes retrosarias, desde que saibam exatamente o que procuram. No Porto têm a casa Rocha (segundo me disse uma amiga, tem uma grande variedade de correntes e é possível que algumas sejam adequadas). Cá em Aveiro não vi correntes do tipo da que vou usar (que foi oferta de uma amiga Americana), mas sei que as podem encomendar da loja online da Susan Khalje (clicar aqui) e nesse caso sabem que a corrente é mesmo a indicada. Estas correntes são caras mas valem a pena; lembrem-se que uma jaqueta com tanto trabalho investido merece o melhor!

EN: Lastly here’s a photo of the jacket with the pockets hand-stitched in place; all there is to do now is securing the chain to the hem, stitch my label in and give it a light press! Excited? I am!

---

PT: Por fim uma foto da jaqueta depois de coser os bolsos à mão; agora só falta coser a corrente à bainha, coser a etiqueta e dar uma passagem leve a ferro. Ansiosos? Eu estou!

2 comments:

sewingkm said...

This jacket is fabulous! I've so enjoyed your step-by-step posts sharing its creation. Thanks.

Cindy Ann said...

Tany, it's beautiful! I'm sure you cannot wait to wear it. Thank you so much for sharing your creation. You've been so helpful.